Resumo da temporada de #JuTodoDia em Janeiro de 2019 + Avisos

Olá pessoas! Hoje venho aqui fazer um apanhado dos posts que foram publicados aqui no blog todos os dias do mês de janeiro. Isso serve para você não perder nada o que aconteceu nesse mês!
Mas antes desse resumão, me diz ai se vocês gostaram. Porque pretendo fazer mais maratonas assim aqui no blog.
Como nesse mês tivemos postagens todos os dias, o blog agora vai entrar em hiatos. Vamos voltar no dia 20 de fevereiro de 2019 com a programação de Quarta e Sábado às 12h novos posts.
Quero lembrar que é muito importante você comentar nas postagens para eu ver realmente o que vocês querem.
Também é importante vocês indicarem novos posts aqui no blog. Quero trazer o que realmente querem ver.
Siga as nossas redes sociais:

Sem mais delongas, confira o que ocorreu no #JuhTodoDia em Janeiro!

Espero que tenham gostado dessa temporada de posts todos os dias aqui no blog. Em breve vou trazer mais coisas assim pra cá.

Minha história com meu cabelo [31]

Olá pessoas! Hoje venho contar a minha história com meu cabelo. Preferi deixar esse post da série #JuTodoDia, porque queria ter mais tempo para prepara-lo e fechar essa maratona de postagem com chave de ouro.
Lembro que na minha infância quando morava em Paracatu-MG, minhas amigas tinha o cabelo liso, e só eu tinha o cabelo cacheado. E isso me deixava triste. Então sempre pedia para minha vó comprar aqueles shampoos e condicionadores que tinha mulheres de cabelo liso na embalagem, acreditando assim que aquele produto iria fazer com que meu cabelo ficasse liso. Nessa época eu apenas tinha 5 anos.
E para amenizar um pouco o meu desconforto comigo mesma, minha avó me mandava pro salão de cabeleiro para escovar e pranchar o cabelo. Eu me sentia o máximo.

Em 2004 me mudei para a cidade de Uberlândia – MG, meus pais se casaram e foi ai que tudo mudou. Lembro que minha mãe não tinha muita paciência em cuidar do meu cabelo e então ela tomou a decisão de comprar um relaxamento. É aquele que tinha o girassol na embalagem. Eu fiquei muito feliz, pois agora sim eu teria um cabelo igual das minhas amigas e me sentiria mais aceita na sociedade. Ninguém iria me zombar.
Eu fiquei 17 anos no mundo das químicas. Era progressiva, relaxamento, selagem e por ai vai. Chegou numa época que eu acreditava que meu cabelo não nascia da raiz cacheado mais (risos).
Eu me sentia presa, não podia suar, entrar na piscina e jamais sair com o cabelo sem ter pranchado ou escovado, e também não ter feito relaxamento.
Em 2016 vendo várias meninas aceitando o seu natural, eu me sentia inspirada, mas nunca tomei uma decisão. Exemplo em casa eu tinha que era meu irmão, aceitou suas madeixas e vive feliz para sempre. Neste mesmo ano eu conheci uma pessoa maravilhosa que é meu noivo Victor Ortega. Ele sempre me incentivou a me aceitar, a deixar meus cachos florescer, e foi então que dia 4 de março de 2017 eu simplesmente parei com tudo que agride fortemente o meu cabelo. Desde então não sei mais o que é relaxamento, progressiva, etc. Eu me permiti florescer.
Comecei a descobrir o meu cabelo, comecei a me descobrir.
Houve críticas desnecessárias, mas isto não me fez desistir.
Hoje tem quase 2 anos que me aceitei como realmente eu sou. Me tornei mulher, me tornei eu. Não estou arrependida da minha decisão, aliás, eu estou muito feliz. Só me arrependo de não ter tomado essa atitude mais cedo. Mas tudo tem um tempo, e esse é o meu tempo.
Confira aqui a evolução da nova Juliana Rabelo:
Aos poucos vou descobrindo os cachos do meu cabelo, qual produto devo usar, qual finalização cai bem, etc.
Hoje ele está um cacho 3C e 4A. Ao longo do tempo ele vai se firmando mais em qual tipo de cacho é.
Me conte ai a sua história com o cabelo, independentemente se ele é liso ou cacheado.

6 dicas de séries e filmes da Netflix para encerrar as férias [30]

Olá pessoas! Estamos aqui no penúltimo dia de janeiro e para quem estuda as aulas já estão começando, e para quem trabalha, bom, em fim, este post serve para você também.
Eu amo indicar série e filme e receber indicações. Então vamos aos finalmentes, certo?

Vamos começar pelos 3 filmes que você precisa assistir na Netiflix.

Resultado de imagem para para todos os garotos que ja amei
Para todos os garotos que já amei – Lara Jean Song Covey (Lana Condor) escreve cartas de amor secretas para todos os seus antigos paqueras. Um dia, essas cartas são misteriosamente enviadas para os meninos sobre os quem ela escreve, virando sua vida de cabeça para baixo. Fonte.
Resultado de imagem para a chefa
A chefa – Michelle Darnell (Melissa McCarthy) é uma poderosa industrial que é enviada para a cadeia após ser pega por traição, negociando informações confidenciais do mercado em troca de lucro. Quando ela volta pronta se reerguer como a queridinha dos Estados Unidos, nem todo mundo que foi enganado e prejudicado está pronto para perdoar e esquecer seus atos. Fonte.
Resultado de imagem para garota exemplar
Garota Exemplar – Amy Dunne (Rosamund Pike) desaparece no dia do seu aniversário de casamento, deixando o marido Nick (Ben Affleck) em apuros. Ele começa a agir descontroladamente, abusando das mentiras, e se torna o suspeito número um da polícia. Com o apoio da sua irmã gêmea, Margo (Carrie Coon), Nick tenta provar a sua inocência e, ao mesmo tempo, procura descobrir o que aconteceu com Amy.

Agora vamos as 3 indicações de séries da Netflix!

Resultado de imagem para fuller house
Fuller House 2016 – Em Fuller House, as aventuras da família Tanner, de Três é Demais, continuam. D.J. Tanner-Fuller (Candace Cameron-Bure) perdeu recentemente o marido e precisa cuidar de três filhos – o rebelde adolescente JD (Michael Campion), o neurótico Max (Elias Harger) e o pequeno Tommy. A sua irmã mais nova, aspirante a cantora Stephanie Tanner (Jodie Sweetin), e sua melhor amiga, mãe solteira Kimmy Gibbler (Andrea Barber) – e sua filha adolescente Ramona – se mudam para a casa de DJ para ajudá-la a cuidar dos filhos dela. Fonte.
Resultado de imagem para scream série
Scream – Depois de um incidente de cyber-bullying resultar em um assassinato brutal, a violência reacende a memória de uma série de assassinatos que ocorreram no passado em Lakewood, que intrigaram alguns e talvez tenham inspirado um novo serial killer. Um grupo de adolescentes, com dois velhos amigos tentando se reconectarem, se tornam amantes, inimigos, suspeitos, alvos e vítimas de um assassino que está à procura de sangue. Fonte.
Resultado de imagem para jane the virgin
Jane the virgin – Quando Jane (Gina Rodriguez) era mais nova, a avó dela a convenceu de duas coisas: telenovelas são a melhor forma de entretenimento, e mulheres devem proteger a virgindade a qualquer custo. Agora, aos 23 anos, a vida de Jane tornou-se tão dramática e complicada quanto as telenovelas que ela sempre amou, após uma série de surpreendentes eventos que fizeram com que ela fizesse, acidentalmente, uma inseminação artificial. Fonte.
Então é isso! Gostaram das dicas? Me indica ai nos comentários qual série você mais gosta.